A difícil tarefa de ser forte o tempo todo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×


Até começar esse texto é difícil, porque não sei exatamente por qual caminho devo seguir. Também não sou uma pessoa de textos, sou uma pessoa de letras, de música, de arte. Quem sabe até eu faça uma letra baseada nesse texto depois?

O que quero dizer aqui hoje é que as pessoas olham para pessoas como eu (e provavelmente você que está lendo esse texto) e pensam: nossa, que mulher (homem) forte. Essa (e) tem personalidade forte, é segura (o), sabe o que quer. Mal sabem eles que o que mais a gente quer é tempo. É paz. É carinho, amor. Ser uma pessoa forte o tempo inteiro é difícil! As pessoas não esperam que você quebre. E você quebra. Aliás, você quebra MUITO! Quebra em silêncio. As vezes quebra sem nem admitir para si mesma (o) que quebrou.

Muita gente pensa que, por sermos assim, independentes, donas (os) de si, nós não precisamos de alguém ao nosso lado, um companheiro, uma companheira, alguém, sabe? E cara, vou falar… as vezes nem nós sabemos disso! A correria do dia a dia é tão grande que, sinceramente, nós não sabemos se temos tempo para engrenar um relacionamento ou simplesmente tentar. Só de pensar em tentar, às vezes cansa hehe.

É claro que nós queremos encontrar alguém que nos entenda, entenda nossa rotina louca e frenética, sempre correndo atrás dos objetivos. Pessoas como nós nunca estamos satisfeitas – não que isso seja uma coisa ruim, mas isso é um assunto para outro momento. O fato é que a gente sempre quer mais! Mal conquistamos um objetivo aqui, já planejamos como alcançar o próximo ali. E onde encaixar um relacionamento aí?

Talvez nós ainda não entendemos que, para isso, a gente tenha que deixar de ser um pouco egoísta e abrir mão de algumas coisas para conseguir ter essa tão sonhada “vida pessoal”. E acho que não estamos preparados para isso. Não ainda. Mas não vim aqui mentir e dizer que isso não faz falta. Faz. Até demais às vezes. Naqueles poucos domingos livres. Naquele feriado prolongado que, por algum milagre divino, você está de folga e quer viajar.

Ah, se os relacionamentos fossem feitos apenas para esses momentos seria tão bom! Mas não são. Ninguém quer assim (nem nós). A gente quer amor todo dia, cineminha a noite num dia da semana, um jantarzinho em um dia especial. Uma briguinha básica pra poder reatar e viver uma mini lua-de-mel. A gente também quer alguém.  Mas a que horas mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×